Ir para o conteúdo Pular para o menú principal
ANÚNCIO
 

O sistema de numeração e a criança pequena

Conheça o projeto desenvolvido pela gaúcha Lisiane Hermann Oster - uma das vencedoras do Prêmio Victor Civita Educador Nota 10 - com a turma da pré-escola, no Rio Grande do Sul

por:
NE
NOVA ESCOLA
Primeiras hipóteses de escrita Primeiras hipóteses de escrita Para começar o trabalho com o sistema de numeração desde a pré-escola, a educadora Lisiane Hermann Oster propôs que todas as crianças escrevessem números ditados por ela. Em seguida, a turma discutiu as escritas numéricas e todos revisaram algumas delas. Os números e o corpo Os números e o corpo Na segunda atividade com o sistema de numeração, Lisiane propôs que as crianças pesquisassem os números relacionados às medidas do corpo - o número do sapato ou as medidas que podem ser observadas com ajuda de uma fita métrica. A ideia era que os pequenos anotassem as próprias medidas e alguns números importantes com relação aos colegas. Acima, as escritas de Mariana, que calça 28. Comparação de peso entre os colegas Comparação de peso entre os colegas Após comparar os números dos sapatos entre as crianças da pré-escola, a educadora Lisiane Hermann Oster fez com que todos comparassem os próprios pesos. Além de comparar os números referentes ao peso dos colegas mais leves e mais pesados, as crianças tiveram que escrever os nomes de todos os que tinham o mesmo peso. Gráfico com as alturas da turma Gráfico com as alturas da turma Lisiane mediu a altura de todas as crianças e fez marquinhas nas paredes da sala. Depois, propôs que as crianças construíssem um gráfico de barras representando as alturas diferentes. Criação de um jogo de percurso Criação de um jogo de percurso Com base nos jogos desenvolvidos em sala, a educadora pediu para que todas as crianças criassem um jogo de percurso em casa, com a ajuda dos familiares. Acima, Mariana criou um jogo com uma sequência numérica do 1 ao 14. Trabalho com as coleções Trabalho com as coleções Trabalhar o sistema de numeração com base nas coleções das crianças é uma boa alternativa. Acima, Mariana coloriu as casas do quadro numérico de acordo com a quantidade de papeis de pirulito que ela tinha em sua coleção. Problema matemático com base nas coleções Problema matemático com base nas coleções A educadora Lisiane propôs um problema envolvendo uma operação matemática com base em uma coleção de carrinhos e pediu para que as crianças encontrassem estratégias para resolvê-lo. Mariana desenhou os carrinhos apresentados no problema e fez a contagem. O número total de carrinhos foi escrito abaixo da representação da coleção.
ANÚNCIO
LEIA MAIS